Arquivo | abril 2015

Você está navegando os arquivos do site por data.

Viva enquanto ainda é uma escolha

“Saibas, então, ser semeador do amor. Propagador do sorriso – daqueles largos que mostram até os sisos. E que o céu da tua boca seja estrelado como as noites do interior. Aproveite tudo o que vier em tua vida. Porque nesta viagem só de ida até quando se anda para trás está indo para frente. […]

Não se apaixone por mim

“Aos moços de plantão, deixo o meu aviso: é perigoso. E nem falo da conotação sensual que esse reclame pode ter. Desse ar de desafio que estala no céu da boca e os atiça ainda mais. Não tem uma permissão subversiva que pede que vocês avancem. É sincero e cauteloso: não tentem me ganhar em […]

Você não precisa ser magra – sobre quilos a mais e felicidade

“Ela é linda. Tem olhos grandes e expressivos, sorriso brilhante e belos quadris. Interessante, tem papo agradável e outras mil e uma qualidades. Mas quando sobe na balança e o ponteiro passa do que a sociedade julga aceitável, tudo o que ela tem de bom cai no mar do esquecimento e o foco passa a […]

O Amor nunca morre

“O amor nunca morre. Pelo menos o amor que tínhamos por alguém que morre, não. Há 6 anos fiquei viúva num assalto. Ao ver que eu seria alvejada, Luciano, meu então marido, segurou o braço do bandido, que atirou a queima-roupa em seu peito. Luciano só teve tempo de esperar eu chegar até ele e […]

Não precisa me procurar

“Você se lembra quanto eu tentava me afastar de você mas sempre dava pra trás porque eu não conseguia resistir? Quando eu te pedia você se afastava, você sempre aguentou. Dizia que não queria, mas porque eu pedi você respeitou. Bem, imagina como foi para mim nunca mais procurar você. O que eu tive que […]

Uma ode às mulheres diretas

“Ela entra sem bater portas e vai direto ao ponto: ou isso ou aquilo. Numa prova de múltipla escolha com ela você não teria opção nenhuma, teria que rebolar um pouco pra dar à ela uma boa justificativa, na lata. Enquanto você fica em cima do muro, ela dispensa os meio-termos: tem pavor de gente […]

Talvez você esteja exigindo demais

“Querer é um direito seu, ter é um privilégio. Até que ponto vale a pena fazer a vida parar só para que ela aconteça exatamente do jeito que deseja? “Queria outra coisa”, “queria de outra forma”, “queria outra pessoa”. E quem somos nós para nos atrevermos a esperar que a vida seja exatamente do jeito que […]