Arquivo | novembro 2012

Você está navegando os arquivos do site por data.

Amar dá saudade – mas estar sozinho não é doença

“Sua alma gelou.  Convite de casamento era tudo o que ela não queria receber, já há algum tempo. O grupo de amigos era grande.  Mas, um a um, todos foram se rendendo às flechas do Cupido.  Entre os poucos que restaram, ela. Sentia uma certa vergonha.  Se sentia inadequada.  Não que fosse.  Mas sentia.  Era […]

Apaguem a luz

“O último a sair que apague a luz. Estou decepcionado e não tenho nem força pra ir ali na parede e dar de cara com o interruptor. Olho pra minha vida amorosa e dá preguiça. Dá preguiça de começar tudo de novo, conquistar confiança, dar presentes, receber carinho, enlaçar um destino, cruzar uma estrada e […]

Love The Way You Lie

COMUNS

“Vai ser difícil. Aliás, muito. Se fosse por motivos pra desistir, nem precisaria pensar. Vamos cada um pro seu lado. Se for pra pensar nos motivos que ainda nos unem, nada será capaz de nos convencer do contrário. Somos estranhamente ligados por um destino que parece nos separar a cada besteirinha. Só por não sabermos […]

Nossa música

“Aquela música é… Sei lá, uma lembrança do passado que eu queria que fosse presente e se misturasse com o meu futuro. É aquilo de recordar tudo e olhar pro lado e não ter nada. Gostoso e doloroso. Doce e amargo. Aquela nossa música é aquilo, né? De ouvir, fechar os olhos e poder sentir […]

Saudade Madura

“Saudade madura é lembrar de uma relação que terminou por falta dela. Não da saudade que sentíamos um do outro, mas da maturidade que faltou para que pudéssemos mantê-la.” Bibiana Benites

Silêncio

“O amor é o único sentimento que abre mão das palavras, porque quem ama de verdade aprende a ouvir e, principalmente, a respeitar o silêncio do outro.” Marcelle Melo