Arquivo | junho 2011

Você está navegando os arquivos do site por data.

IMORTAL

“Em alguns momentos, eu a decepcionarei, em outros você me frustrará, mas, se tivermos coragem para reconhecer nossos erros, habilidade para sonharmos juntos e capacidade para chorarmos e recomeçarmos tudo de novo tantas vezes quantas forem necessárias, então nosso amor será imortal.” (Augusto Cury)

Cumplicidade

‎“Cumplicidade é ser parceiro e fiel em todos os momentos. É andar junto e não dar as costas ao outro se o momento não for favorável, porque haverá muitos momentos ruins e aí é que serão testados teu amor e cumplicidade. Se fores dar as costas, que elas sirvam de apoio ao outro. Que não […]

Você existe, eu sei – Biquini cavadão

Há tanto tempo venho procurando Venho te chamando Você existe, eu sei Em algum lugar do mundo você vive Vive como eu Onde eu ainda não  fui Como é o seu rosto Qual é o gosto que eu nunca senti Qual é o  seu telefone Qual é o nome que eu nunca chamei Se eu […]

Vai!

“Não permita que eu me apegue e faça planos, não me deixe crer no que não é verdade. Vá antes de borrar minha maquiagem, ferir minha coragem, antes que eu jogue meus instintos de sobrevivência definitivamente pela janela do prédio como se não me importassem mais sentimentos próprios. Não provoque meus medos, não confunda meu […]

Cansei!

Não adianta!!! Eu não vou chorar, não vou sofrer, não vou te ligar! Eu te amo, mas também me canso.” Caio Fernando Abreu

Esquecer…

Tentar esquecer alguém é o mesmo que pedir para me lembrar de uma pessoa que eu nunca vi. Não é assim que funciona minha memória.

Amor de outras vidas

“Como te reconhecer quando de novo te encontrar Se nem mesmo vou saber como quando em que lugar? O mundo guarda muitas voltas Em outro tempo eu vou parar Sem perguntas nem respostas eu te encontro num olharEm outro corpo outro universo Outro poema em outro verso Em outro sol em outra lua Nos braços […]