Deixe um comentário

Trechos do livro ‘Onze Minutos’

 
"Encontrei um homem, e me apaixonei por ele.
Deixei-me apaixonar por uma simples razão: não espero nada.
Sei que logo estarei longe, e ele será uma lembrança,
mas não podia aguentar mais viver sem amor;
estava no meu limite."
 
"Durante toda a minha vida, entendi o amor como uma espécie de escravidão consentida.
É mentira! A liberdade só existe quando ele esta presente.
Quem se entrega totalmente, quem se sente livre, ama o máximo."
 
"A verdadeira experiência da liberdade,
é ter a coisa mais importante do mundo, sem possuí-la."
 
 
(Paulo Coelho)
About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: